Oito candidatos disputam a liderança do Fundo Soberano da Noruega

282

Oito noruegueses disputam a liderança do fundo soberano do país.
O Fundo Soberano da Noruega gere activos no valor de 1, 1 triliões de dólares.
O banco central da Noruega, a quem incumbirá a escolha final, anunciou que entre os oito candidatos, todos homens, está o actual CEO do fundo.
O futuro líder do Fundo Soberano da Noruega lidará com questões como as alterações climáticas e ainda com a possibilidade de investimentos no valor de 100 mil milhões de dólares nos Estados Unidos da América.
Em Agosto passado, o Fundo Soberano da Noruega ponderou a redução dos seus investimentos na Europa e aumentá-los na América do Norte.
Em Angola, a nomeação e exoneração do dirigente do Fundo Soberano, dotado de activos de 5 mil milhões de dólares, é uma competência exclusiva do Presidente da República e Titular do Poder Executivo.
No exercício desse poder discricionário, o ex-Presidente da República colocou à testa do Fundo Soberano de Angola o seu varão, José Filomeno dos Santos.