Jacques Raul substitui Sá Miranda como comandante do Exército

683

Passados 1.153 dias desde a tomada de posse no cargo – menos de quatro anos – , Sá Miranda foi substituído no cargo pelo seu imediato. A nota de exoneração do não detalha as razões da mudança…

O general Jacques Raul é o novo comandante do Exército das Forças Armadas Angolanas (FAA), nomeado hoje, 12 de maio de 2020, pelo comandante-em-chefe e presidente da República, João Lourenço, segundo indica uma nota de imprensa da Casa Civil do Presidente da República, a qual o Correio Angolense teve acesso. 

O novo chefe do Exército substitui no cargo o general Gouveia João de Sá Miranda, exonerado “nos termos da Constituição da República e depois de ouvido o Conselho de Segurança Nacional”, conforme refere o documento.

A nota não indica as razões da defenestração de Sá Miranda. Sequer é esgrimido o argumento da “conveniência de trabalho”.   

Sá Miranda exercia o cargo desde Março de 2017, empossado pelo anterior comandante-em-chefe e presidente da República, José Eduardo dos Santos. Nessa ocasião foram igualmente empossados os generais José Luís Caetano Higino de Sousa para o cargo de chefe do Estado-Maior General adjunto das FAA para a Área Operativa e de Desenvolvimento, assim como Marques Correia, para o posto de segundo comandante do Exército.

Então tomaram posse igualmente o general Matias Lima Coelho “Zumbi” como chefe do Estado-Maior do Exército, o vice-almirante Francisco Maria Manuel, como 2.º comandante da Marinha de Guerra de Angola, além do general Jerónimo Mateus Van-Dúnem, para o cargo de juiz-conselheiro do Supremo Tribunal Militar das FAA.