Eng.º António Venâncio pretende concorrer à presidência do MPLA

1078

António Venâncio, engenheiro e conhecido influencer político nas redes sociais e na media convencional, apresentou formalmente esta quarta-feira, 13, a sua pretensão de concorrer à presidência do MPLA, partido de que é membro.

A informação foi dada hoje pelo próprio na sua conta do Facebook. “Aos angolanos no país e no estrangeiro! Comunico-vos, que acabei de formalizar, hoje, junto da Direcção do meu partido, a minha pretensão em candidatar-me ao cargo de Presidente do MPLA”, lê-se na nota intitulada “Comunicado”.

O pretendente referiu que a sua aspiração se estriba nos Estatutos do partido e está alinhada com “o reforço da democracia interna” no MPLA, augurando que “prestigiará imenso o processo democrático angolano, visando o seu fortalecimento, o aceleramento das acções do desenvolvimento do país e a realização do homem angolano”.

De acordo com os Estatutos do MPLA, a manifestação de interesse em concorrer à presidência do partido deve ser apresentada à estrutura de base a que pertence o putativo candidato.

O Correio Angolense sabe de fonte segura que António Francisco Venâncio entregou o dossier no CAP n.º 90, do bairro Rangel. Entre a documentação consta, entre outros, a Moção de Estratégia, peça obrigatória, de acordo com os Estatutos.

Entre 9 e 11 de Dezembro próximo o MPLA realiza o seu 8.º congresso ordinário sob o lema “MPLA – Por uma Angola mais Desenvolvida, Democrática e Inclusiva”. O evento vai eleger o presidente do partido, que será cabeça de lista nas eleições de 2022. 

A 12 de Dezembro de 2020, por altura do anúncio da realização do conclave o presidente do partido, João Lourenço, assegurou que o próximo “será o congresso onde, pela primeira vez na história do Partido, nos propusemos em realizar uma renovação superior à continuidade nos diferentes órgãos de direcção e preparar o MPLA e o seu candidato para as eleições gerais de 2022”.