Jornalista Israel Campos
apresenta o seu livro em Angola

4211

O livro intitulado E o Céu Mudou de Cor, da autoria do jornalista Israel Campos, será finalmente lançado e apresentado em Luanda, sexta-feira próxima, 19, na Livraria Kiela, no bairro Alvalade. A apresentação será feita pelo editor, Ondjaki, assim como pelo crítico de arte Adriano Mixinje e a activista cívica Alexandra Simeão, igualmente prefaciadora da obra. O humorista Tiago Costa será o moderador da sessão.

Na capital angolana, a obra será igualmente apresentada na livraria 10Padronizada, sita debaixo da passagem superior pedonal da Robaldina, em Viana, desta feita no dia 20, sábado, às 10h00, após o que haverá uma conversa com o escritor e activista social Mwene Vonongue. O primeiro ciclo de apresentações em Luanda encerra no dia 21, domingo, no parque do quarteirão U da cidade-satélite do Kilamba, às 11h00. Segue-se uma cavaqueira com Etna Equissi, das mais activas influenciadoras literárias de Angola.

O Instituto Sol Nascente, no Huambo, merecerá a honra da apresentação que se segue em Angola, em cerimónia aberta a estudantes e académicos locais, que acontecerá em 23 de Maio próximo.

Primeira obra do autor, E o Céu Mudou de Cor conheceu a luz do dia, em 16 de Fevereiro último, na Póvoa de Varzim, localidade do distrito do Porto, Portugal, à margem da 24.ª edição do festival literário Correntes D’Escrita. Posteriormente, em 22 de Fevereiro, o romance, com a chancela da editora Kacimbo, foi oficialmente lançado na livraria Leya/Buchholz, em Lisboa, em cerimónia bastante concorrida. Na ocasião, a obra mereceu tripla apresentação por parte da arquitecta Maria João Telles Grilo e dos jornalistas Sedrick de Carvalho e João de Almeida.

Ainda em Portugal, o livro foi igualmente apresentado em 6 de Março passado, na livraria Arquivo Bens Culturais, em Leiria, acto replicado em Coimbra, em 10 do mesmo mês, na livraria Lápis de Memórias. Em ambas as ocasiões, as apresentações estiveram a cargo do editor, o consagrado escritor Ondjaki.

Natural de Luanda, Israel Campos é licenciado em Jornalismo pela City University of London e cursa o Mestrado em Comunicação Estratégica e Liderança, na Universidade Católica Portuguesa.

Em 2012, aos 12 anos de idade, iniciou carreira de locutor de programas infantis na Rádio Nacional de Angola, sendo actualmente jornalista freelancer para o serviço em português da Voz da América (VOA) e para o serviço mundial da British Broadcasting Corporation (BBC). Na imprensa, assinou em alguns jornais e sites, com destaque para O País e Maka Angola. Foi vencedor do prémio “EU GCCA+ Youth Awards for the best climate storytelling”, da União Europeia, em 2021; foi finalista dos prémios “Free Press Award” da Free Press Award em 2022 e do prémio “Amnesty Media Award”, no mesmo ano. Foi homenageado pelo seu contributo jornalístico na “Gala Afrodescendentes” em Zurique (Suíça, 2022).